Domingo, 4 de Julho de 2010

Questionário Proust

Aqui vos deixo com o Questionário do Proust, completo, e com as minhas respostas.

 

1. Qual é sua maior qualidade?

Paciência... Muita Paciência.

 

2. E seu maior defeito?

Medo de arriscar.


3. A característica mais importante num homem?

Sinceridade.


4. E numa mulher?

Sentido de humor.


5. O que mais aprecia nos seus amigos?

Que sejam verdadeiros.


6. Sua actividade favorita é...

Dormir.


7. Qual é sua ideia de felicidade?

Não ter tudo o que quero, mas o que posso ter.


8. E qual seria a maior das tragédias?

Nem quero pensar...


9. Quem gostaria de ser, se não fosse você mesmo?

Eu mesmo!


10. Em que país gostaria de viver?

Numa ilha privada, só minha, sem estar ligada a qualquer país...


11.Qual sua cor favorita?

Branco.


12.Uma flor?

Papoila.


13.Um pássaro?

Pardal, claro! (private joke)


14.Seus autores preferidos?

José Saramago (já antes de morrer)


15.E os poetas de que mais gosta?

Nenhum em especial, não sou muito para ler poesia...


16.Quem são seus heróis de ficção?

Dexter.


17.E as heroínas?

Qualquer personagem da Angelina Jolie!


18.Seu compositor favorito é...

Chopin.


19.E os pintores?

Isso já não... Não gosto muito de pintura.


20.Quem são suas heroínas na vida real?

A minha mãe!


21.E quem são seus heróis?

O meu melhor amigo!


22.Qual é sua palavra favorita?

Amo-te.


23.O que mais detesta?

Que me contrariem...


24.Quais são os personagens históricos que mais despreza?

Adolf Hitler.


25.Quais dons da Natureza que gostaria de possuir?

Liberdade pura.


26.Como gostaria de morrer?

Rápido e indolor.


27.Qual seu actual estado de espírito?

Tranquilo.


28.Que defeito é mais fácil perdoar?

Persistência.


29.Qual é o lema da sua vida?

O trabalho vem antes do descanso, mas nunca interromper o descanso para trabalhar!

publicado por elrey às 00:00

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 14 de Maio de 2010

Cabine Internacional

Estava eu, calmamente, passando numa rua da minha cidade, quando passo ao lado de uma normalíssima cabine telefónica e percebo, ou melhor, não percebo patavina do que o homem que estava ao telefone estava dizendo. Não que eu quisesse ouvir o que ele dizia (e que até parece ser disso que muitas pessoas têm medo, de tão baixo que falam), mas porque isso me fez pensar em todas as restantes ocasiões em que tinha visto alguém numa cabine telefónica. Eu já me tinha questionado pela utilidade das mesmas nos dias de hoje, e desde esse dia eu percebi: servem unicamente os imigrantes. É que muito raras foram as vezes que eu ouvi falar Português nas mesmas cabines, e quando o é, é do Brasil.

Por alguma razão as cabines telefónicas têm agora, por dentro, painéis publicitários referindo promoções em chamadas para o estrangeiro. Aqui temos a prova de algo que foi pensado e construído no passado com um propósito, o de servir a população que necessitava de telefone, numa altura em que não existiam telemóveis, mudando agora drasticamente de público-alvo e de intenção, servindo os não-portugueses que para cá vêm e necessitam de telefonar às suas famílias.

É claro que não sou contra nada disso, apenas queria notar que uma coisa que nunca irá servir de nada são escutas a cabines telefónicas...

 

 

publicado por elrey às 23:11

link do post | comentar | favorito
|

Minha Nossa Senhora...

Não, o título não é por acaso que coincide com a "grande visita" do Papa Bento XVI a Portugal. Aliás, eu já há muito tempo que cá não escrevo, e ando há que tempos procurando algo para falar, eis senão quando esta noite recebo uma sms, daquelas corrente, e que me deixou a olhar para a mesma e a pensar "Mas que raio é isto?". Dizia, após uma pequena introdução do género do "recebi agora esta mensagem, espero que a passes", "A Nossa Sra de Fátima passou e levou todos os teus problemas. Passa a cinco pessoas e ve a Nossa Sra a desatar o nó da tua vida. Deus te abencoe. Nao quebres."

Portanto, após lê-la, fiquei a perceber as palavras hoje do Papa em relação às novas tecnologias, já que depois da Nossa Senhora ter aparecido em cima de uma árvore, agora também circula pelos telemóveis de toda a gente, ou seja, uma nova aparição! Desta vez não haverá pastorinhos, pois estes, se existirem em algum lugar do país, não deverão ter telemóvel, mas poderão ter sido uns simples rapazitos que estavam jogando ao Farmville quando viram a mensagem. Isto sim, meus senhores, é evolução, pois conseguir infiltrar alguém nas radiações electromagnéticas é algo que a ciência procura há anos mas que a igreja acabou por conseguir primeiro! Será um ponto a favor desta na guerra "Religião vs. Ciência"?

E claro, se tudo fosse tão fácil como esta mensagem o faz parecer, bastava enviá-la a todo o país que tudo ficaria resolvido. "Nova medida do Governo de José Sócrates: Distribuir sms com a Nossa Senhora de Fátima por toda a População Portuguesa!" Assim, para além de não termos de pagar mais impostos e de resolver todos os problemas do país, com as mensagens grátis contribuía-se para a redução da despesa pública. Acho que vou fazer uma petição com isso mesmo (vou pensar nisso).

 

Até à próxima!

publicado por elrey às 01:10

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 19 de Dezembro de 2009

Alice no País dos Ricos

É Natal, é Natal. As lojas enchem-se de gente, os dentes rangem de frio, as iluminações animam as noites, a correria pelas prendas é cada vez maior, o cheiro desta altura do ano entra-nos pelas narinas e preenche-nos de espírito natalício... Tudo isto era lindo, se fosse verdade. A não ser o frio, não vejo mais nada do que enunciei anteriormente acontecer. As lojas estão vazias, as iluminações estão pobríssimas e repetitivas, já ninguém tem dinheiro para gastar em prendas, e cheiro a Natal... o que é isso? O único cheiro que sinto é o do bacalhau, e é o que está nos hipermercados à espera de ficar mais barato para ser comprado pelos pobres que desejam um simples Natal tradicional.

As televisões insistem na teoria de que as lojas, mesmo com a crise, estão a vender bem, mas a minha experiência pessoal diz-me que isso é uma grandessíssima peta. Parece um típico conto fictício de Natal...

“Era uma vez uma menina que foi a uma loja de brinquedos cheia de gente. Todos levavam carrinhos cheios de caixas e pagavam com notas grandes e cartões Visa. As empregadas davam entrevistas à televisão dizendo que este era o melhor Natal dos últimos anos...” Pára tudo! Já chega de ficção. Esta podia muito bem ser a história de “Alice no País dos Ricos”, e para quem vê os jornais das nossas televisões, Portugal corresponde exactamente às características desse país. Vivemos em dois mundos: o real e o televisivo. E mesmo que o que mostram seja verdadeiro, parece corresponder a uma realidade muito restrita e que se aplica a uma pequena minoria da sociedade portuguesa.

Sinceramente, gostava que tudo o que eu disse até agora tivesse sido também um conto de Natal, mas infelizmente é a triste realidade portuguesa que eu tenho esperança em que recupere. Um feliz Natal para todos!!

tags:
publicado por elrey às 12:45

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 13 de Setembro de 2009

Problemas de Higiene

Publicidade. Existem muito boas publicidades, tal como existem outras completamente desprezáveis... Começando pelos “grandes milagres” dos detergentes da roupa e terminando na “fantástica” pronúncia brasileira do casal do Compal Goiaba, podemos encontrar de tudo no que toca a criatividade na publicidade, portuguesa ou internacional.

Mas o grande auge de idiotice publicitária é o do Brise Toque e Fresh. “Quero fazer cocó na casa de banho do Chico” é a frase sonante, e que nos faz ficar a olhar para o ecrã da televisão com cara de parvos, a pensar se realmente ouvimos bem o que foi acabado de dizer, ficando a pensar se devemos rir ou chorar da patetice de anúncio...

Bem, depois, se formos a analisar bem o seu conteúdo, podemos imaginar o Chico... Quem é o Chico, esse grande homem que tem a casa de banho mais bem cheirosa de Portugal? Pelos WC’s com perfume, votem no Chico, votem nos ambientadores anti-cocó!

[Voltando à realidade, depois do momento de estupidez...]

É que, se pensarmos bem, com que cara é que uma criança aparece na casa de outra a pedir para fazer cocó? Será que cheira assim tão mal que necessita desesperadamente de perfume, ou que mesmo com perfume continue a tresandar a estrume e por isso é melhor usar uma casa de banho que não a sua para não ter de levar com o cheiro nas próximas semanas? Ou talvez uma hipótese mais remota, a de que o Chico ou seja um sádico extremo que passe as noites a cheirar cocó, ou então é um grande cientista na área das necessidades humanas e que ande a estudar o excremento alheio.

Qualquer das hipóteses é plausível, como puderam observar, mas uma coisa é certa: algo cheira mal naquele anúncio.

Adaptando à política, podíamos muito bem substituir a criança por José Sócrates, já que ou muito me engano ou este senhor também gostaria de usar a casa de banho do Chico, para perfumar tudo o que cheira mal na sua vida. Não sei é se iria resultar, ou então tornaria a sua visão do mundo ainda mais... floreada.

publicado por elrey às 20:40

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 13 de Julho de 2009

Função Pública e basta.

Reactivo este blog também com este "aviso" em que ficamos um pouco confusos... Ora vejam:

 

 

Isto é o horário de uma biblioteca escolar por "motivos de força maior". Ok, não vou contestar o possível motivo (mas imagino). Agora contesto duas coisas: primeiro, uma biblioteca aberta 3 horas deve servir de muito...

Depois, porque raio dividiram em dois turnos de uma hora e meia. Senão reparem: se formos seguir o que ali diz, a biblioteca abre às 12:30 e fecha às 14h, para depois abrir novamente às 14 e fechar às 16:30.

 

Ora, fecha às 14h ou não? =S

Se calhar só abre às 14h do dia seguinte. Ou fecham durante um minuto para ir à casa de banho. Isto com funcionários públicos, todo o descanso é pouco.

Ficamos na dúvida.

 

Até à próxima!

tags:
publicado por elrey às 22:26

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 3 de Setembro de 2008

Problema de quem?

Bem, a próxima imagem é mais uma que não merece comentários. É que, tal como o título indica, não sabemos de quem é o problema.

 

Não se sabe mesmo de quem é a culpa: se de quem escreveu aquilo, se de quem inventou aqueles bolinhos. Que as queijadas são de queijo já nós sabemos!!!! Agora, devem levar mais alguma coisa. Por isso, porque é que não dão o nome de outro desses ingredientes às queijadas?

 

 É o mesmo que comermos uma sandes barrada com Marmelada de marmelos, ou Arroz-doce com arroz.

 

Bem, até à próxima, que agora vou comer uma Nabada de nabos, que deve ser bom!

publicado por elrey às 20:47

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 27 de Agosto de 2008

De novo o português...

É assim, como já sabemos que português a escrever é igual às previsões da Maya (ou seja, não acertam uma), eu volto a falar do mal escrever. É que as pessoas são mesmo ignorantes. E não precisei de andar muito para encontrar tema, pois encontrei este cartaz mesmo ao pé da minha casa:

 

 

Isto é nada mais nada menos que um cartaz de um café, que se não me engano, abre todos todos os dias "exepto aos feriados". Ou então é o dia em que não há a refeição completa. Não sei muito bem.

 

O que eu sei é que continuarei a denunciar estas situações. Pode ser que para a próxima fale de uma "irregularidade" que acontece na minha cidade, Olhão.

publicado por elrey às 20:40

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 23 de Agosto de 2008

Português!?

Estava eu navegando na net, tranquilamente, quando sou interceptado por um daqueles banners de publicidade em que (supostamente) temos de jogar a um joguinho dificílimo(!?) e "ganhamos" sempre alguma coisa.

Acontece que eles em alguns "complicam" só um bocadinho e acontece que se pode perder (uau)!

O jogo rolava, e como eu não ganhei, apareceu-me uma pequena notificação:

 

Mas o que é isto???? Tu perdestes?! Acho que não merece mais comentários.

 

Hei-de voltar com mais "Patadas de Português Fotografadas". Entretanto irei fazer a vida negra a muita gente! Vamos espezinhá-los!

 

(Nota: O caso anterior passou-se no site da nova novela da sic, Rebelde Way. Coincidência? Não sei!)

publicado por elrey às 16:01

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Questionário Proust

. Cabine Internacional

. Minha Nossa Senhora...

. Alice no País dos Ricos

. Problemas de Higiene

. Função Pública e basta.

. Problema de quem?

. De novo o português...

. Português!?

.arquivos

. Julho 2010

. Maio 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds